segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

0009 - ETAR de Vila Nova de Milfontes


Tudo começou nos anos oitenta com uma pequena sondagem realizada por Carlos Tavares da Silva e Joaquina Soares. O sítio foi então sumariamente caracterizado. Agora, no âmbito da ampliação da ETAR de Vila Nova de Milfontes, decorreu uma supreendente campanha de escavações arqueológicas em área (318m2). Mais uma acção de minimização de impactes decorrentes de uma intervenção de construção civil. Mais uma vez e ao contrário do que se pensava, o sítio arqueológico, enquadrável no Calcolítico (3º milénio AC) estava bem preservado e os resultados foram muito significativos do ponto de vista científico.
Destaque para a recolha de três ídolos, um dos quais apresenta decorações e para a importante identificação, no interior de uma fossa, do esqueleto completo de um equídeo, com excepção do crânio, tudo apontando para uma deposição intencional e ritualizada. Na zona central da área objecto de intervenção, foi descoberto um concheiro, uma área de lixeira composta por uma ampla acumulação de conchas. Foram ainda identificadas várias estruturas de possíveis lareiras, compostas por nódulos de argila cozida depositados no interior de fossas circulares.
Destaque ainda para a escavação integral de uma estrutura circular, eventualmente constituinte de uma cabana, com cerca de 10m de diâmetro, composta na sua delimitação periférica por grandes seixos colocados em cutelo, no centro da qual se encontrava um piso de argila e elementos para eventual assentamento de postes internos.
O relatório final está em fase de elaboração, perspectivando-se a continuidade da investigação através de colaborações entre a ERA e outras instituições.
.
Arqueólogos responsáveis: Jorge Parreira e Artur Ribeiro
Coordenação de Projecto: Inês Mendes da Silva

Sem comentários:

Publicar um comentário