quinta-feira, 6 de novembro de 2014

074 - Sondagens arqueológicas Variante dos Capuchos

Os trabalhos de diagnóstico arqueológico na Variante dos Capuchos (Leiria) consistiram na escavação manual de uma sondagem com 12m de comprimento por 1m de largura, numa cascalheira de um terraço fluvial do Rio Lis.  
Este terraço corresponde ao encaixe do rio no Plistocénico, recortando o substrato constituído por margas de A-Gorda, posteriormente preenchido por depósitos quaternários através de uma série de processos fluviais dinâmicos. É nestes depósitos que os artefactos arqueológicos se encontram. O conjunto artefactual é constituído por indústria lítica de pedra lascada crono-culturalmente enquadrável no Acheulense (Paleolítico Inferior). O seu estudo criterioso assume assim uma extrema importância para o conhecimento das ocupações humanas mais antigas da Península Ibérica.

Figura 1 – Vista geral do sítio intervencionado.

Os trabalhos de escavação arqueológica estão terminados, encontrando-se já reunida uma equipa multidisciplinar de especialistas em Pré-História Antiga e Geologia, tanto da Era-Arqueologia como das Faculdades de Ciências de Lisboa e Coimbra, que analisará os dados recolhidos com vista a uma publicação que certamente trará novidades.

Figura 2 – Vista de pormenor de um dos cortes expostos pela intervenção arqueológica e onde são visíveis dois dos quatro níveis de cascalheira.

Tiago do Pereiro
Andreia Pinto

Sem comentários:

Publicar um comentário